Ronypeterson Morais Miranda


Ronypeterson Morais Miranda (n. Pirenópolis, 08/11/1992) é tecnólogo em Gestão de Turismo, professor, dançarino, desenhista, pesquisador, escritor, poeta e ativista cultural. 

Terceiro filho de Raimundo José Miranda de Sousa e de Cleusa Simoa de Morais Miranda, nasceu e cresceu em Pirenópolis, lugar objeto de suas pesquisas. 

Estudou no Educandário Municipal Dom Bosco até a antiga quarta série (hoje quinto ano). Posteriormente terminou o ensino fundamental e o ensino médio no Colégio Estadual Comendador Christóvam de Oliveira, onde participou de projetos vinculados às causas ambientais, sendo escolhido, por duas vezes, Delegado do Meio Ambiente e representante do Colégio em eventos estaduais e nacionais organizados pelo Coletivo Jovem do Meio Ambiente, ao qual é vinculado.

Depois de formado, foi monitor do projeto “Mais Educação”, tratando dentro e fora da sala de aula a cultura local com as crianças do Colégio.

Durante a graduação em Tecnologia em Gestão de Turismo, na Universidade Estadual de Goiás (Campus Pirenópolis) trabalhou como pesquisador bolsista de Iniciação Científica com as temáticas: “Turismo e Cultura Popular Local”, apresentando ao final do curso (2012) o trabalho intitulado: “Festa do Divino Espírito Santo: Roteiro das Artes em Pirenópolis-Goiás”. 

Começou a estudar Língua Inglesa em 2009 numa escola particular na cidade e depois se tornou  professor por quatro anos.

Foi dançarino integrante do Grupo Folclórico Brasil Central, vinculado à Universidade Estadual de Goiás, performando o Espetáculo “Goiás é Mais” em eventos pelo Estado e no I Festival Internacional de Folclore e Artes Tradicionais, realizado em Pirenópolis.

Em 2013 ingressou no mestrado em Ciências Sociais e Humanidades: Territórios e Expressões Culturais no Cerrado – TECCER, na Universidade Estadual de Goiás, Campus de Ciências Socioeconômicas e Humanas, em Anápolis/GO, obtendo o título de mestre em 2016 com a dissertação: “Mas e se essa Festa se acabar? Ai meu Deus o que será de mim?: as tradições da Festa do Divino Espírito Santo de Pirenópolis/GO em registros audiovisuais.”

Possui produção científica em parceria com amigos pesquisadores e com orientadores, além de participar de eventos diversos pelo Estado e pelo País tendo Pirenópolis como objeto de discussão.

Além de pesquisador interdisciplinar, Ronypeterson faz desenho livre esporadicamente com temáticas variadas, escreve crônicas, contos e poesia, bem como canta de forma amadora. Atualmente está cursando Filosofia na Universidade de Brasília.

São obras suas:
Crônica da Cidade Grande (prosa).
Um Conto Meiapontense (prosa).
Bom dia no Bonfim (poema).
Saudades de Meiaponte (poema).
Pirenópolis tem, tem (paródia).
1/3 de Melancia, Melancolia (poema)

Ocupa a Cadeira nº 29, Patrono Agesilau de Siqueira, anteriormente ocupada por Emílio Terraza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário