Mirim Santos

 Chova ou faça sol, lá está ele: Mirim Santos. Natural de Ouro Preto/MG, veio para Pirenópolis trabalhar na primeira restauração da Matriz e nunca mais foi embora.

Sua capacidade de interpretar o cotidiano de Pirenópolis através das tintas é impressionante. E ele pinta uma cidade totalmente sua, particular, vista através do olhar especialista de quem só vê arte.

Mirim pinta em vários locais de Pirenópolis, mas seu ponto preferido é junto à Igreja Matriz, onde geralmente é visto no início da manhã, por conta da posição do sol.

O impressionante é que ele retrata a mesma paisagem há mais de uma década e nunca repete um quadro sequer. Eu comparo sua arte com a fotografia. Podemos fotografar repetidas vezes um objeto, mas a foto nunca será a mesma.

Ele é membro da Academia Pirenopolina de Letras, Artes e Música; e recebeu o título de Cidadão Pirenopolino concedido pela Câmara Municipal. Além disso, como mestre capoeira, desenvolve um trabalho assistencial com crianças carentes da região.




Nenhum comentário:

Postar um comentário